Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

13 de June de 2024

Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

Massa impressiona e lidera manhã do quinto dia de testes da F1

Compartilhe:

 
A ensolarada manhã que abriu a segunda sessão de testes de pré-temporada da F1 teve Red Bull e a Williams como os grandes destaques nesta terça-feira (7). Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, respectivamente pilotos da Ferrari e Mercedes, andaram bem e não enfrentaram maiores problemas, mas os grandes destaques deste primeiro período em Barcelona foram Daniel Ricciardo e Felipe Massa. O australiano liderou praticamente toda a manhã de testes no circuito catalão e teve a chance de, pela primeira vez na pré-temporada, apresentar a força da Red Bull em termos de performance em voltas rápidas. Mas, na meia-hora final, Massa assumiu a liderança da sessão ao registrar, com pneus supermacios, 1min19s726, apenas 0s021 mais rápido que o melhor tempo da pré-temporada até agora, estabelecido por Valtteri Bottas na terça-feira passada.
Massa impressionou. Uma semana depois de completar as primeiras voltas com o novo FW40, o piloto da Williams teve grande performance nesta manhã com um carro equilibrado e que dá a primeira impressão de ser muito bem-nascido. Felipe sempre andou entre os primeiros colocados e, com pneus macios, o brasileiro chegou a ficar apenas 0s007 atrás do tempo registrado por Ricciardo, deixando para trás os carros de Mercedes e Ferrari, em teoria mais fortes que a Williams neste começo de ano. Até que veio a grande marca da manhã, feita por Massa com os compostos supermacios. No fim, Ricciardo até esboçou uma reação ao sair dos boxes com os pneus ultramacios, mas o brasileiro manteve a ponta pela manhã.
Hamilton, sem grandes problemas, fechou a manhã em terceiro, logo à frente de Vettel, que foi o dono da maior quilometragem nesta manhã, ultrapassando a distância de uma corrida em Barcelona, ou 66 voltas completadas. O tetracampeão realizou 79 voltas neste primeiro período. Esteban Ocon, da Force India, completou o rol dos cinco primeiros colocados. Kevin Magnussen, com a Haas, foi o sexto, à frente de Daniil Kvyat, piloto da Toro Rosso. Stoffel Vandoorne terminou em sétimo com a McLaren, que voltou a ter problemas com o motor Honda. Pascal Wehrlein, que finalmente foi à pista com a Sauber, finalizou em nono, enquanto Jolyon Palmer terminou em décimo e último com a Renault.
Massa entende que a Williams está bem perto do nível da Red Bull, ficando um pouco atrás de Mercedes e Ferrari. “No momento, a impressão que tenho é que depois de Mercedes, Ferrari e Red Bull, nós estamos lá, apesar de a Renault ter crescido bastante”, ponderou. Felipe colocou a Ferrari como uma “surpresa positiva” e concordou que a Red Bull apareceu como terceira força. “Não vi nada muito diferente no carro deles, como tínhamos imaginado, mas ainda é cedo, claro. Vamos ver o que eles vão trazer agora”, afirmou o brasieiro.
 
 

Compartilhe:

Leia mais

Investimentos da Apple na Bahia
PRF
Processo contra deputados
Demarcação terra indigena
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
Cumprimento mandados
Estudo de potencial
Sac Movel
Recursos assentamentos capa
Hospital Costa das Baleias capa
Policia Civil

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados