Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

1 de março de 2024

Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

Homicídio contra “Cabeção” é elucidado

Compartilhe:

Monique Evellin/Opovonews
 
Com a orientação da Coordenadora Regional, Dra. Valéria Chaves e do Dr. Robério Farias, a Equipe da PC, formada pelos Delegados, Dr. Manoel Andreetta,  Dr. Bruno Ferrari,  Dr. Ricardo Amaral e Dra. Rina Andrade, juntamente com o SI da Coordenadoria, comandada pelo IPC Sérgio Adriano, informaram a conclusão da investigação envolvendo o homicídio praticado contra Eucácio Silva Santos, o “Cabeção”, de 23 anos, no dia 10 de janeiro de 2017, por volta das 10:40h, em frente ao Bar Riva, na Rua Hermes Lima, no Bairro Castelinho. O crime teria sido praticado por Ivanildo Pereira dos Santos, o “Negão”, de 19 anos.
Segundo a Polícia, em seu depoimento Ivanildo confessou espontaneamente ter praticado o crime, afirmando que estava em uma motocicleta, portando um revólver calibre 38, quando abordou a vítima que estava andando distraída na rua. Ivanildo fez diversos disparos contra Eucácio, promovendo a sua morte. O suspeito disse ter comprado o revólver em Vitória – ES, local em que estava morando anteriormente. Ele disse também, que Eucácio teria tentado tirar a sua vida na semana anterior ao crime, efetuando dois disparos contra ele quando andava pelas ruas do Bairro Castelinho, porém, os disparos não o atingiram. O motivo seria o fato de Eucácio acreditar que Ivanildo estava comercializando drogas em seu território.
Ivanildo acabou sendo preso no Bairro Nova América, no dia 13 de janeiro de 2017 pela Policia Civil, acusado de diversos assassinatos. Ele foi abordado quando deixava uma residência em posse de uma bolsa, e durante a revista foi encontrado com ele 01 revólver calibre 38 (utilizado no crime contra Eucácio), municiado com 06 cartuchos intactos e com mais 02 munições no bolso. Ivanildo pode ser o responsável por mais de 20 homicídios.
O procedimento encontra-se em fase de saneamento e conclusão,  aguardando o laudo necroscópico e de local de crime,  a serem encaminhados pelo DPT local. Os Autos foram encaminhados à Delegada do NHT Dr. Rina Andrade que ficou responsável por promover as representações e elaborar o relatório final.
Com esse, já ultrapassa o número de 50 homicídios elucidados na gestão, com a Dra. Valéria Chaves e Sérgio Adriano á frente das investigações.
 


 
 

Compartilhe:

Leia mais

TRansporte irregular passageiro
Deam Porto Seguro
Time de futebol de Porto Seguro
Fumacê
Celulares recuperados
Motorista embriagado
Volta as aulas
Moto recuperada
Sisu
Atendimento indigena
Foragido preso
Governador em medeiros neto 1

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados