Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

16 de April de 2024

Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

Decisão obtida pela AGU garante atendimento de saúde em territórios indígenas

Compartilhe:

A Advocacia-Geral da União (AGU) obteve decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) que permite retomar o processo de seleção de entidades para prestar serviços de saúde aos povos indígenas. A atuação garantiu a suspensão de decisão da Justiça Federal em primeira instância que havia paralisado a seleção pública.

O edital tem como finalidade a seleção de entidades sem fins lucrativos para prestar serviços complementares de atenção primária à saúde nos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI, que abrangem todo o país, além das duas Casas de Saúde Indígena (CASAI) nacionais.

O chamamento público foi aberto pela Secretaria de Saúde Indígena (Sesai), órgão do Ministério da Saúde responsável por executar a Política Nacional de Atenção à Saúde Indígena dos Povos Indígenas e todo o processo de gestão do Subsistema de Atenção à Saúde Indígena no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

A seleção chegou a ser paralisada por decisão da 20ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal, após uma entidade privada questionar o edital de chamamento público. Mas a AGU conseguiu demonstrar a regularidade da utilização do edital de chamamento público para a seleção de organização da sociedade civil (OSC) por meio da formalização de termo de convênio.

Ao TRF1, a AGU também alertou que eventuais atrasos no chamamento público poderiam levar à desassistência aos povos indígenas, tendo em vista que a legislação veda novas prorrogações e os contratos atuais já foram prorrogados excepcionalmente por mais seis meses, encerrando a sua vigência em junho deste ano.

 

Fonte: Advocacia-Geral da União (AGU) – Foto: Divulgação

Compartilhe:

Leia mais

Policia Civil
Arma apreendida
Passaros apreendidos
Ambulancias
UFSB
Acessibilidade Bombeiros
Dengue
Reuniao indígenas
Capacitacao ambiental
Foragido preso
Identidades aldeia de Prado
Reuniao liderancas indigenas capa

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados