Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

28 de May de 2024

Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

‘Selfie’ do voto é crime eleitoral e pode dar até dois anos de reclusão

Compartilhe:

 

Informações G1

 

Ciente da geração “selfie”, expressão que define fotos que pessoas tiram delas mesmas com celulares ou webcam, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) esclarece aos eleitores que é proibido produzir imagens no momento da votação.

De acordo com Silvana Matos, chefe de cartório da 20ª Zona Eleitoral da Bahia, “é terminantemente proibido o uso na cabine de votação de qualquer tipo de aparelho eletrônico: celulares, câmeras fotográficas, câmeras filmadoras. Ele não pode usar nada na hora que ele estiver votando”, informa. A orientação do TRE-BA é de que aparelhos eletrônicos sejam deixados com os mesários de seção no momento da votação.

Ainda de acordo com a chefe de cartório, o eleitor que for pego fazendo “selfie” ao lado das urnas de votação ou fotografando o próprio voto podem responder criminalmente. “O eleitor pode reponder pelo crime de quebra de sigilo do voto. [A ação] é crime com pena de detenção e multa”, afirma. Conforme a legislação eleitoral, a pena neste caso pode chegar a dois anos de reclusão.

Silvana Matos esclarece que, caso alguma imagem do voto seja divulgada nas redes sociais em “selfies”, além de responder criminalmente, o eleitor pode prejudicar o próprio candidato. “O candidato também pode responder por suspeita de compra de voto”, detalha.

De acordo com a legislação eleitoral, candidatos acusados por compra de voto podem ser condenados a até quatro anos de reclusão, além de multa.

Compartilhe:

Leia mais

Investimentos da Apple na Bahia
PRF
Processo contra deputados
Demarcação terra indigena
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
Cumprimento mandados
Estudo de potencial
Sac Movel
Recursos assentamentos capa
Hospital Costa das Baleias capa
Policia Civil

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados