Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

22 de July de 2024

Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

“Tráfico de órgãos não e lenda”, diz ministra Damares sobre desaparecimento de crianças no Brasil

Compartilhe:

A ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse em suas entrevistas recentes que o crime organizado é responsável pela maioria dos desaparecimentos de crianças no Brasil e que, por detrás destes desaparecimentos há muito dinheiro envolvido tanto na adoção ilegal como para exploração sexual e o tráfico de Órgãos. Segundo ela o estupro de um recém nascido rende 50 mil reais ao crime organizado.

“Muitas crianças são levadas pra fora. Adoção ilegal; tráfico de órgãos: isso não é lenda; isso não é brincadeira; isso acontece (Se referindo ao tráfico de órgãos) e nós temos muitas crianças que são vendidas, traficadas para exploração sexual. Nós temos denúncias de crianças que desaparecem no nosso país para a exploração sexual que são as mais terríveis e nós estamos investigando todas. (…) Existe crime organizado em tudo isso. Existe crime organizado inclusive para produção de imagens de estupro de criança no Brasil. (…) O estupro de um recém nascido pode custar 50 mil reais no Brasil” explicou a ministra.

Dados oficiais mais recentes dão conta de que, pelo menos 42 mil crianças desaparecem por ano no Brasil e que entre nove a 11 mil nunca são encontradas mas a Ministra acredita que este número está subfaturado já que muitas crianças ainda ficam, por muito tempo, sem registro de nascimento e podem ter desaparecido neste período. De acordo com Damares, os desaparecimentos são tão rápidos que as mães ficam sem reação.

“Nós temos estudo que apontam; pesquisas que apontam que uma criança no Brasil , desaparece em torno de 6 segundos (…) nós temos imagens de mães com o bebê no colo, para uma moto com o carona, em 6 segundos ele desce, tira a criança do colo da mãe e desaparece”, explicou a ministra .

O texto legal que insere tecnologia e novas regras ao combate ao desaparecimento de pessoas  foi chancelado pelo presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF) em fevereiro deste ano. De acordo com Damares, em Julho deste ano, vai ser entregue um aplicativo para que, no exato momento em que a denúncia de desaparecimento seja feita,  seja informado à policia de todo o Brasil. Ela diz que o projeto é ainda mais ambicioso pois prevê, num futuro próximo, que toda sociedade receba informações sobre o desaparecimento e possa estar entrando em contato para que a criança seja encontrada. Ela também lembra que foi uma grande vitória do governo, ter conseguido mudar a lei que determinava que os desaparecimentos só poderiam ser informados depois de 48 horas. Hoje a orientação é que o desaparecimento seja, imediatamente, informado a polícia.

Compartilhe:

Leia mais

Forum Itabela
Investimentos da Apple na Bahia
PRF
Processo contra deputados
Demarcação terra indigena
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
Cumprimento mandados
Estudo de potencial
Sac Movel
Recursos assentamentos capa
Hospital Costa das Baleias capa

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados