Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

16 de July de 2024

Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

Seis deputados disputarão a presidência da Câmara; veja lista de candidatos

Compartilhe:

Prazo para registro das candidaturas terminou às 23h desta quarta (1º); eleição está marcada para a manhã de quinta.
Terminou às 23h desta quarta-feira (1º) o prazo para os deputados interessados em disputar a presidência da Câmara registrarem as candidaturas deles. A votação está marcada para a manhã desta quina (2).
Ao todo, seis deputados disputarão o cargo:

  • André Figueiredo (PDT-CE);
  • Jair Bolsonaro (PSC-RJ);
  • Jovair Arantes (PDT-GO);
  • Júlio Delgado (PSB-MG);
  • Luiza Erundina (PSOL-SP);
  • Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Em campanha até esta quarta, Rogério Rosso (PSD-DF), que não contou sequer com o apoio do partido dele, desistiu de disputar o cargo e não registrou a candidatura dele.
O anúncio da desistência de Rosso foi feito logo após o ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello rejeitar pedidos para barrar a candidatura de Rodrigo Maia à reeleição.
Ao longo dos últimos meses, adversários de Maia argumentaram que o regimento interno da Câmara e a Constituição proíbem reeleição na mesma legislatura (a atual acaba em janeiro de 2019) – ENTENDA A POLÊMICA.
Aliados de Maia, por outro lado, utilizaram o argumento de que não se trata de uma reeleição, uma vez que ele foi eleito em julho do ano passado para uma espécie de “mandato-tampão” de seis meses. Na ocasião, o atual presidente da Câmara assumiu o cargo após Eduardo Cunha (PMDB-RJ), atualmente cassado e preso, renunciar.
Saiba o que está em jogo na disputa pela presidência da Câmara
Para ser eleito, um candidato à presidência da Câmara precisa obter a maioria dos votos, desde que estajam presentes à sessão, pelo menos, 257 dos 513 deputados. A votação é secreta.
Mesa Diretora
Além da eleição do novo presidente da Câmara, os deputados também definirão a composição da nova mesa diretora da Casa. Estão em disputa 10 cargos: dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes.
Em buca de apoio na Câmara, Maia articulou um bloco formado por 13 partidos que, juntos, somam 358 deputados.
Esse “superbloco” terá o direito de indicar todos os integrantes titulares da Mesa Diretora – têm nas preferência nas indicações os partidos ou blocos com o maior número de parlamentares.
Atribuições
O presidente da Câmara tem as seguintes atribuições, entre outras:

  • Pautar os projetos que serão votados em plenário;
  • Assumir a Presidência da República interinamente na ausência do presidente Michel Temer;
  • Analisar pedidos de impeachment do presidente da República.

Orçamento
A partir do momento que for eleito, o novo presidente da Câmara também será responsável por gerenciar um orçamento bilionário de R$ 5,9 bilhões – o do Senado é de R$ 4,2 bilhões.
Esses recursos são destinados à manutenção das atividades parlamentares e aos vencimentos dos deputados.
O dinheiro também paga os salários dos funcionários da Casa: quase 18 mil, ao todo.

Compartilhe:

Leia mais

Investimentos da Apple na Bahia
PRF
Processo contra deputados
Demarcação terra indigena
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
Cumprimento mandados
Estudo de potencial
Sac Movel
Recursos assentamentos capa
Hospital Costa das Baleias capa
Policia Civil

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados