Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

16 de July de 2024

Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

IV Flican reúne público 9 mil com atividades centradas no tema Literatura e Resistência

Compartilhe:

Em quatro dias de atividades centradas no tema Literatura e Resistência, a quarta edição da Feira Literária Internacional de Canudos (Flican), que encerra neste sábado (16), reuniu de cerca de 9 mil pessoas. Este ano, a Flican revisitou os 130 anos da fundação do povoado de Belo Monte, por Antônio Conselheiro e o Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia.  A autora homenageada foi a professora USP e especialista na obra de Euclides da Cunha, Walnice Galvão.

Além da promoção do livro, da literatura e da memória e história de Canudos, a Flican teve na sua programação atividades voltadas à formação de leitores, através da realização de oficinas pedagógicas direcionadas para estudantes da rede pública de ensino, universitários e profissionais da educação; apresentações artístico-culturais, com a valorização das manifestações locais, e eventos de difusão da produção literária baiana e desenvolvimento de estratégias de fortalecimento da cadeia produtiva do livro. A feira ofereceu ainda atrações musicais como Wilson Aragão, Bereba, Fábio Paes, Rose e a Orquestra Sinfônica Santo Antônio, de Conceição do Coité.

 “Foram quatro dias de debates intensos, muitas atividades voltadas para diferentes públicos e uma oportunidade para movimentar a economia da cidade e região”, diz o curador da Flica, professor Luiz Paulo Neiva.

Educação e Resistência

Além de nomes como o escritor Antônio Torres, o fotógrafo Evandro Teixeira, um dos convidados mais esperados desta edição foi o filósofo, sociólogo, cientista político e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Miguel G. Arroyo. Espanhol radicado no Brasil, Arroyo participou da mesa A Educação de Jovens e Adultos: Resistência e Emancipação, neste sábado (dia 16), das 10h às 12h, no Auditório José Calasans.

Autor do recém-lançado livro Vidas re-existentes: Reafirmando sua outra humanidade na história lançado recentemente pela Editora Vozes, Arroyo fez uma participação virtual na Flican.

A IV Flican é promovida pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb), com apoio do Governo do Estado, por meio das secretarias da Educação e da Cultura, do Instituto Popular Memorial de Canudos (IPMC) e da Prefeitura de Canudos.

Fotos: Divulgação Flican

Compartilhe:

Leia mais

Investimentos da Apple na Bahia
PRF
Processo contra deputados
Demarcação terra indigena
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
Cumprimento mandados
Estudo de potencial
Sac Movel
Recursos assentamentos capa
Hospital Costa das Baleias capa
Policia Civil

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados