Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

22 de July de 2024

Ouça a Caraipe fm

Play
Pause

Bilionário Carlos Wizard diz que Nise Yamaguchi agiu na CPI, como orienta Jesus Cristo

Compartilhe:

O empresário Carlos Wizard foi às redes sociais nesta quinta (3) com uma mensagem de apoio à médica Nise Yamaguchi, que prestou depoimento à CPI da Covid na terça (1) para falar da proximidade dela com Jair Bolsonaro e da bula da cloroquina.

“Expresso o mais profundo respeito, admiração e carinho à dra. Nise Yamaguchi que lamentavelmente essa semana foi agredida por aqueles que deveriam respeitá-la e agradecer seu esforço incansável de salvar vidas”, escreveu o empresário.

Ela foi interrompida por senadores e acusada de não ter conhecimento para discutir o tratamento da doença, o que levantou reações nas redes sociais.

Para Wizard, Nise “agiu como Jesus Cristo agiria se estivesse em seu lugar”.

“Ela manteve a calma, deu a outra face e não agrediu seus ofensores”, escreveu o empresário na internet. Wizard também foi alvo de requerimento para depor na CPI. O senador Alessandro Vieira ainda protocolou um pedido para quebrar sigilos do bilionário, mas não foi apreciado.

Na mensagem publicada na rede social, ao lado de uma foto com a médica, o empresário também diz que “os homens e mulheres de bem do Brasil tomaram as dores dessa sra, que é um anjo de Deus na terra” e convida seus seguidores de rede social a enviarem mensagem de apoio à médica.

​”Cada cidadão tem o direito de discordar com uma orientação médica, mas isso não lhe dá o direito de ultrajar, insultar e desacatar qualquer profissional de saúde desse país”, escreve Wizard, que chegou a ser nomeado para assumir um cargo no Ministério da Saúde em 2020, mas saiu em meio a uma polêmica sobre a contagem das vítimas da doença.

Em 2018, o empresário deixou  o comando dos negócios aos filhos mais velhos e se dedicou a missão humanitária. Sua primeira iniciativa foi de se mudar para Boa Vista, capital de Roraima, onde assumiu uma jornada com o objetivo de ajudar os milhares de refugiados venezuelanos que chegavam ao Brasil.

Compartilhe:

Leia mais

Forum Itabela
Investimentos da Apple na Bahia
PRF
Processo contra deputados
Demarcação terra indigena
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
Cumprimento mandados
Estudo de potencial
Sac Movel
Recursos assentamentos capa
Hospital Costa das Baleias capa

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados